Header Ads

LIVRES caiu na Rede e agora é fim de papo


O Livres de Belo Horizonte publicou ontem, orgulhoso, esta foto e mais algumas. Eles oficializaram a ida para a REDE, partido de Marina Silva, de Randolfe, ex-partido de Alessandro Molon, dentre outros petistas assumidos ou não. No texto da postagem, dizia-se o seguinte:
Ontem o Livres Belo Horizonte finalizou uma parceria com Rede Sustentabilidade Belo Horizonte. Os pré-candidatos do movimento Edvan Bastos (Deputado Estadual) e Paulo Alves (Deputado Federal) se filiaram ao partido e esperam contribuir para o crescimento dele. 
Nós, do Livres, acreditamos que a REDE Sustentabilidade é um partido transparente, aberto e democrático – e eles deram ao Livres total liberdade, autonomia e apoio. Num evento feito ontem, de cerimônia de filiação, os pré-candidatos foram recepcionados pela porta-voz nacional e pré-candidata à presidência da República, Marina Silva. Como sempre, ela foi muito simpática e deu total atenção. 
Vamos em frente, vamos ser #livres!
Ok. Entendemos.

Após ficarem por dois anos reclamando dos rótulos recebidos, se queixando por serem chamados de "PSOL roxo", os gênios acharam que ir para a REDE seria aceitável. Eles são os mesmos que criticaram o MBL esse tempo todo por conta de alguns membros do grupo terem se filiados a partidos como DEM e PSDB, mas com a REDE eles não enxergam problema algum.

A desculpa, agora, é que o movimento é "suprapartidário", o que é exatamente a mesma coisa feita pelo MBL, que foi também criticado por este mesmo motivo.

De fato, agora é fim de papo. Não há mais o que dizer. O Livres mostrou a que veio, e ele veio para detonar totalmente o movimento liberal brasileiro.
Tecnologia do Blogger.