Header Ads

Discurso de Amoedo no Twitter prova que liberais definitivamente não usam o cérebro


Dificilmente faço críticas ao NOVO, e uma das principais razões é o fato de que considero o partido praticamente irrelevante no jogo político. Se o plano deles der certo - e é um enorme 'se' -, talvez a legenda tenha algum espaço lá em 2026 ou 2030, provavelmente não antes disso.

Ocorre, entretanto, que me foge totalmente resposta para a seguinte pergunta: Como funciona a mente dos liberais? Creio, atualmente, que eles prefiram ser muito entendidos em economia e direito (e em verdade a maioria só finge ser), mas descartam totalmente o uso do cérebro quando se trata de política. O discurso feito pelo Amoedo ontem no Twitter sustenta essa tese.


Que papo é esse de "empoderamento feminino"? Que história é essa de "igualdade de direitos"? É tolice liberal, como de praxe. Qualquer sujeito com mais de dois neurônios sabe que não há leis que impeçam uma mulher de fazer o que um homem faz no Brasil. Pela nossa legislação os direitos dos homens e das mulheres são os mesmos. Se não há mulheres o bastante na política, e não sei quantas seriam o bastante, é principalmente porque elas não querem. Se partirmos da premissa de que isso é um problema, e francamente não vejo nisso uma prioridade, a lógica é fazer o que for possível para trazê-las para dentro do jogo. Para isso, o que é preciso? 

Primeiramente, que mulheres o NOVO pretende trazer? Militantes feministas? Não. Mesmo que fosse, aliás, elas não viriam. As feministas já têm lado e não é o nosso. As mulheres que o NOVO pretende trazer, creio eu, são aquelas com alinhamento à direita e ao liberalismo. Para isso esse discurso também não vai funcionar, obviamente. É preciso ter bem mais substância.

Assim sendo fica claro que não há lógica nessa tática fajuta. Ao usar esse discursinho sem vergonha, a única coisa que essa gente consegue é fazer aumentar o desprezo justamente naqueles que nos escolheriam: as pessoas de direita, o povo que já está de saco cheio de esquerda e feminismo. São estas as pessoas que o novo precisa trazer para o partido.

Além disso, é claro, nós já vimos isso falhar miseravelmente antes. O Livres tentou usar desse mesmo expediente e o que conquistou foi a rejeição dos liberais ao mesmo tempo em que não conseguiu fazer crescer sua aceitação pelo outro lado. Uma tática dessa não tem sentido, já que o objetivo desejado é, antes de tudo, intangível. Quando os liberais vão aprender que os esquerdistas nos odeiam e ponto final? Eles não vão nos apoiar se fizermos essa abordagem pós-modernista. 

ELES NOS ODEIAM!

O pior de tudo é que esse tipo de comentário esdrúxulo faz aumentar ainda os votos de outro inimigo, que é o deputado Jair Bolsonaro. Cada vez que um "representante" liberal se manifesta dessa forma ele ajuda a sustentar o discurso de que liberais são esquerdistas travestidos. Para cada comentário estúpido feito desta forma Bolsonaro ganha pelo menos 100 votos.

Liberais deveriam, antes de qualquer coisa, parar de estudar economia para estudar política e, principalmente, para estudar a história do próprio movimento. Se repetirem os mesmos erros para sempre tudo se manterá da mesma forma.
Tecnologia do Blogger.